Lava Jato mira PSDB e prende aliados

O ex-secretário de Transportes no governo de Geraldo Alckmin, Laurence Casagrande Lourenço foi preso na quinta-feira, 21, no âmbito da Operação Pedra no Caminho, braço da Lava Jato em São Paulo. A investigação mira contratos superfaturados do trecho Norte do Rodoanel Mário Covas.

Um relatório de 113 páginas, subscrito pelo delegado João Luiz Moraes Rosa, da Delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros da PF em São Paulo, aponta o envolvimento do ex-secretário de logística e transportes do governo Alckmin em desvios e sobrepreço de até 131 milhões de reais.

Laurence, está preso na sede da Polícia Federal em São Paulo, onde ocorre uma coletiva de imprensa para falar sobre a operação Pedra no Caminho.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s