STF concede liminar para soltar Eduardo Cunha

Publicado por


O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello determinou em decisão liminar (provisória) a revogação da prisão preventiva do ex-deputado Eduardo Cunha (MDB-RJ) decretada pela Justiça Federal do Rio Grande do Norte.

O ex-deputado, no entanto, deverá permanecer preso por também ser alvo de ordens de prisão preventiva em outros processos. Na decisão, o ministro Marco Aurélio afirma que Cunha deverá ser solto apenas “caso o paciente não esteja recolhido por motivo diverso”. Escreveu o ministro.

Anúncios

Deixe uma resposta