Travestis protestam por falta de pagamento e político é afastado

Publicado por

O Partido Progressista (PP) do Rio Grande do Sul afastou o Deputado Federal José Otávio Germano, após travestis protestarem em frente ao prédio do político, cobrando uma suposta dívida.

Em nota, o PP afirmou, que divido aos fatos “lamentáveis no campo moral e ética”, dicidiu afastar desde já o Deputado Federal José Otávio das atividades partidárias.

“Sob nossa ótica, sobretudo à figura do homem público, é de difícil justificativa o conjunto daquelas ocorrências, as quais – sempre resguardado o direito de defesa e a prova da verdade – por ora maculam a representatividade por si exercida, bem como atingem a dignidade da pessoa humana, no que tange à vida privada do seputado”, diz a nota do partido.

O caso aconteceu na última sexta-feira (22) quando duas travestis protestaram por cerca de duas horas à frente do edifício do parlamentar. Reinvidicando aos gritos o pagamento do programa sexual e drogas.

A manifestação acabou por intermédio de um brigadiano, que subiu até o apartamento e desceu com parte do pagamento feito por José Otávio.

Curta República de Curitiba
Anúncios

3 comentários