Lava Jato condena 6 poderosos para a prisão

Publicado por

images

O Juiz Marcelo Bretas, condenou 6 pessoas envolvidas na Operação Eficiência, uma das fases da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro.

Veja quem são:

Eike Batista – 30 anos de prisão por corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Sérgio Cabral – 22 anos e oito meses de prisão por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Adriana Ancelmo – 4 anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Wilson Carlos – 9 anos e dez meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Carlos Miranda – 8 anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Na Operação Eficiência, a força-tarefa da Lava Jato fluminense descobriu que Cabral e seus operadores financeiros mantinham mais de US$ 100 milhões no exterior. O dinheiro seria fruto do esquema de cobrança e pagamento de propina chefiado pelo ex-governador, segundo a denúncia, e era administrado pelos irmãos Marcelo e Renato Chebar.

Curta República de Curitiba
error
Anúncios

2 comentários

  1. O que adianta prender um culpado hoje se amanhã ele ser´solto pelo supremo? Em que pais vivemos? Onde está a justiça do nosso pais? Será que ninguém pode resolver esse impasse? Isto é vergonhoso para o povo brasileiro e a Nação, até quando teremos que assistir essa desgraça caindo sobre o pais que não merece isso!