A aliança entre Favreto e Wadih Damous

 

walih

Às vésperas da eleição de Dilma Rousseff para a Presidência da República – o atual desembargador  Rogério Favreto, plantonista do TRF4, foi um dos 64 signatários da “Carta ao Povo Brasileiro” em defesa das reiteradas manifestações que o então presidente Lula fazia em favor de sua candidata ao Planalto. Neste domingo (8), Favreto mandou soltar Lula por três vezes seguidas.

Entre os “nomes ligados a entidades da advocacia” constantes do manifesto pró-Lula de 2010 estava o do atual deputado federal Wadih Damous (PT-RJ), então presidente da OAB-Rio de Janeiro, e autor do habeas corpus julgado hoje por Favreto. As informações completas estão no site JOTA.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s