Geddel e Luiz Estevão em ala de segurança máxima

papuda

Após uma operação que encontrou objetos de uso proibido na cela do ex-senador Luiz Estevão, a juíza Leila Cury, determinou que o político, assim como o ex-ministro Geddel Vieira Lima, sejam realocados para uma ala de segurança máxima onde ficaram em celas indivíduas no presídio da Papuda, no Distrito Federal.

“Luiz Estevão, Geddel e Márcio Henrique são pessoas públicas, que já ocuparam cargos de alto escalão nos Poderes Executivo e Legislativo Federais. Nesse sentido, considerando a diferença entre o poder aquisitivo deles e do restante da massa carcerária, bem como a notoriedade dada às suas prisões e a influência política que ainda demonstram possuir, mostra-se recomendável a adoção de medidas preventivas no sentido de mantê-los separados, a fim de resguardar suas respectivas integridades físicas e também primar pela manutenção da segurança e da estabilidade carcerárias, além do aumento do número de vagas”, afirma a juíza, em sua decisão.

Sobre Geddel, a juíza também afirmou que ele estaria causando “transtornos” na ala onde atualmente está detido, em cela coletiva.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s