PCC abre mão de taxa de matrícula para recrutar novos bandidos

O PCC (Primeiro Comando da Capital) realiza ação para fortalecer o sei exército criminoso pelo país.

A campanha é denominada de “adote um irmão”, na qual cada membro do grupo precisa convidar um novo bandido para a facção criminosa.

A campanha, que foi desvendada pela Polícia Civil de São Paulo, pretende recrutar 1.000 novos criminosos por mês.

A mensalidade que é chamada de “cebola” foi suspensa há cerca de 40 dias em todo o país, exceto São Paulo.

Segundo apuração da polícia, a “matrícula” pode custar até R$900 reais cada, e a inadimplência pode gerar cobranças e punições.

Atualmente, o PCC tem 22 mil filiados fora de São Paulo, nas outras 26 unidades da federação, segundo dados da Polícia Civil.

O plano de expansão foi detectado pela polícia durante a Operação Echelon.

Patrick Ignaszevski – República de Curitiba

Anúncios

2 comentários

  1. Que pais é esse com a bandidagem a soltas e ninguém faz nada para conter esse absurdo.Se a polícia nada pode fazer, minha pergunta é e as nossa Forças Armadas, onde estão e fazendo o que! Uma das atividades deles não é de garantir a segurança do pais? Então não se pode assistir a esse absurdo sem se fazer nada para conter a BANDIDAGEM no nosso pais!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s