Beto Richa é condenado em 2° instância

Publicado por

O ex-governador Beto Richa (PSDB) e a mulher dele, Fernanda Richa, tiveram a condenação mantida pela 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), nesta terça-feira (7), e terão que devolver R$ 24 mil aos cofres públicos por causa de viagem a Paris, na França.

Na denúncia, o Ministério Público do Paraná (MP-PR) argumentou que o dinheiro público não pode ser usado “ao bel prazer dos agentes” e que é “inaceitável a existência de despesas públicas mal justificadas e imprecisas”. A condenação foi mantida por três votos a dois

Votaram favoravelmente à condenação a relatora do processo, Astrid Maranhão, e os desembargadores Maria Aparecida Blanco de Lima e Abraham Lincoln Calixto. Já os desembargadores Regina Portes e Hamilton Rafael Marins Schwartz entendiam que o casal Richa deveria ser absolvido.

beto richa 11

Curta República de Curitiba
error
Anúncios