Defesa de Marido que matou Tatiane Spitzer pede transferência para “atendimento psiquiátrico urgente”

A defesa do professor Luís Felipe Manvailer, de 32 anos, acusado de matar sua esposa Tatiane Spitzer, de 29 anos, pede que ele seja transferido de onde está preso em Guarapuava, na região central do Paraná, depois da tentativa de “tirar a própria vida”.

A advogada foi encontrada morta, após cair do 4° andar do prédio onde morava com o marido, em Guarapuava. Imagens mostraram que ela foi agredida durante 20 minutos por ele antes da queda.

Patrick Ignaszevski – Republica de Curitiba

morta

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s