Gilmar Mendes solta mais três

Publicado por

Gilmar mpf

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liberdade a três investigados pela Operação Ressonância, um dos desdobramentos da Lava-Jato no Rio de Janeiro.

A decisão desta terça-feira (7) beneficia Daurio Speranzini Junior, executivo da GE e ex-executivo da Philips; Miguel Iskin, da Oscar Iskin; e Gustavo Stellita, sócio de Iskin em outras empresas, foram presos em julho.

Patrick Ignaszevski – Republica de Curitiba

Curta República de Curitiba
Anúncios

Um comentário