“Querem matar todo mundo” diz refém brasileiro na Venezuela

Cerca de 30 brasileiros estão pessoa em um abrigo improvisado, numa quadra de esportes e protegidos pela guarda venezuelana.

O ataque é feito após os brasileiros expulsarem dezenas de imigrantes na tarde deste sábado, 18.

De acordo com o refém, Cledson Vieira da Silva ele chegou a ser agredido e pneus foram queimados.

“Estamos entre a bandeira da Venezuela (da fronteira) e o posto de gasolina. Todos os carros por aqui foram quebrados por eles. O pessoal está revoltado por voltar para cá e quer matar todo mundo. Até o momento, não chegou exército ou qualquer movimentação da força brasileira”, comentou.

Patrick Ignaszevski – Republica de Curitiba

“They want to kill everyone” says Brazilian hostage in Venezuela

About 30 Brazilians are in a makeshift shelter, on a sports court and protected by the Venezuelan guard.

The attack is made after the Brazilians expel dozens of immigrants in the afternoon of Saturday, 18.

According to the hostage, Cledson Vieira da Silva he came to be beaten and tires were burned.

“We are between the flag of Venezuela (the border) and the gas station. All the cars here were broken by them. The people are upset about coming back here and want to kill everybody. So far, no army or any movement of the Brazilian force has arrived, “he commented.

refem

Anúncios

1 comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s