‘Pacaraima foi destruída’, diz prefeito na fronteira com Venezuela

O ataque contra dezenas de migrantes venezuelanos no último sábado (18) em Pacaraima (RR), na fronteira do Brasil com a Venezuela, era algo esperado pelas autoridades do município, afirma o prefeito Juliano Torquato dos Santos (PRB) em entrevista ao R7.

Ele diz que a cidade “pacata e limpa” foi “destruída” após a chegada de milhares de venezuelanos, que fogem da crise econômica e de abastecimento no país vizinho, mas não encontram condições dignas para se estabelecerem na pequena cidade de 10 mil habitantes.

Cerca de 500 migrantes cruzam todos os dias a fronteira entre Santa Elena de Uairén, na Venezuela, e Pacaraima, no Brasil. A maioria segue viagem para Boa Vista e outros destinos dentro do país, ou então retornam à Venezuela. Uma pequena parte, no entanto, acaba ficando no município. São pessoas mais humildes, diz o prefeito, que passam a morar nas ruas de Pacaraima.

Saúde e educação

Além do problema de segurança pública, o fluxo de migrantes vem superlotando os serviços de saúde e educação na cidade fronteiriça.

Pacaraima tem duas UBS (Unidades Básicas de Saúde), o suficiente para atender uma população de pelo menos 12 mil pessoas, além de um hospital de emergências. O problema, diz o prefeito, é que não apenas os refugiados, mas também a população de Santa Elena de Uairén, estimada em 50 mil habitantes, vem utilizando os serviços na cidade.

No Hospital Délio Tupinambá, administrado pelo governo estadual, os venezuelanos já são maioria. Dados da Sesau (Secretaria Estadual de Saúde) apontam que, entre janeiro e julho deste ano foram realizados 10.368 atendimentos, sendo 3.859 de brasileiros e 6.509 de venezuelanos. A quantidade já é quase duas vezes mais o número de todo o ano de 2016, quando a crise começou a se agravar e foram feitos 5.791 atendimentos.

refem

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s