Onyx nomeia envolvido em escândalo de corrupção para grupo de transição

Tatim 2

Um integrante do grupo de transição montado pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, é apontado em relatório do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) como um dos responsáveis por irregularidades na contratação superfaturada de uma empresa de tecnologia pelo Ministério do Trabalho. Nomeado como assessor no grupo de transição, Pablo Antônio Fernando Tatim dos Santos é citado no relatório da CGU que acabou por embasar a abertura de um inquérito pela Polícia Federal (PF). As investigações da PF estão em curso desde março de 2017 e incluem todos os apontamentos feitos no relatório da CGU.

Tatim foi colocado no grupo de transição por indicação do deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS). O deputado é ministro extraordinário da transição, braço direito de Bolsonaro e já foi anunciado pelo presidente eleito como titular da Casa Civil a partir de 1º de janeiro de 2019. Nesta sexta-feira, Onyx nomeou Tatim para a função de coordenador de assuntos jurídicos de seu gabinete de ministro coordenador da transição. A designação foi publicada no Diário Oficial da União .

O relatório da CGU apontou um potencial sobrepreço de R$ 26,2 milhões na ata de registro dos preços, um potencial superfaturamento de R$ 9,3 milhões em contrato assinado e “fortes indícios de desvio de finalidade” na seleção da empresa, a Business to Technology (B2T). Na nota técnica, a CGU listou 18 pessoas “supostamente envolvidas” nas irregularidades, entre elas Tatim. Segundo relatório da CGU, embora tenha participado de uma reunião em que os auditores da CGU manifestaram preocupação com a contratação dos serviços pela empresa, Tatim encaminhou um ofício com nota técnica que “contrapôs oficialmente a recomendação da CGU de suspender o certame licitatório”.

Fonte: Época

Anúncios

3 comentários

  1. A pergunta que fica aqui, é sera que não ha outros candidatos para serem nomeados, que é preciso recorrer a indivíduos que estejam comprometidos cm atos ilícitos no passado? Isto não só não é aprovado pelos brasileiros de bem, como também condeno os que os estão nomeando! Isto é uma vergonha para o pais!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s