O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, anunciou na tarde desta sexta-feira (30.nov) mais dois nomes para o governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro.
Moro indicou o auditor da Receita Federal Roberto Leonel para a presidência do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) e o procurador da Fazenda Nacional Luiz Roberto Beggiora para a chefia da Senad (Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas).
Para Moro, é importante que o Coaf passe a fazer parte do Ministério da Justiça “por ser um órgão estratégico, de inteligência e prevenção de lavagem de dinheiro”. Atualmente o Coaf pertence ao Ministério da Fazenda.

Participe da discussão

1 comentário

  1. NOS OPOVO HONESTO ESTAMOS COM DR SERGIO MOURO E BOLÇONARIO APOIAMOS ELES E COMTINUAMOS NA LUTA .

Deixe um comentário
%d blogueiros gostam disto: