Judiciário quadruplica despesas com folha de pagamento

Publicado por

De 1995 a 2017 o judiciário aumentou sua despesa com pessoal em 297% e se tornou o poder que mais expandiu os gastos com a folha de pagamento. E isso tende a se manter, já que o atual presidente Michel Temer assinou o reajuste de 16,3% para o judiciário e Ministério Público.

Mas engana-se quem pensa que esse número se deve ao aumento de contratações. No caso do judiciário houve um desequilíbrio entre o crescimento do número de funcionários e dos gastos com folha de pagamento. Em 2015, em comparação com 1995, a despesa com a folha salarial era 120% maior do que seria caso tivesse apenas acompanhado o aumento no número de servidores.

Enquanto os magistrados tiverem toda essa força e poder de persuasão, os aumentos continuarão em descompasso com o resto dos poderes.

Curta República de Curitiba
error
Anúncios