Lava jato nas ruas

Publicado por

32268_2_EL

PF deflagra 57ª fase com mandados no Rio e em Curitiba, a operação foi batizada de Sem Limites.

Cerca de 190 policiais estão nas ruas para cumprir 37 ordens judiciais: 11 de prisão preventiva e 26 de busca e apreensão, um dos alvos da operação é Omar Emir Chaves Neto. Ele é diretor da empresa de transporte marítimo Seaview Shipping & Trading Ltd.

Chaves Neto era ligado ao ex-cônsul honorário da Grécia, Konstantinos Kotronakis, que chegou a ser proibido de deixar o país, pelo então juiz federal Sérgio Moro. A suspeita é que Kotronakis teria pago propina ao ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa.

Também foram expedidas ordens de sequestros de imóveis e bloqueio de contas bancárias dos investigados, de acordo com as investigações, o esquema estava ativo até meados de 2014 e não está descartado que continue em operação até hoje.

Segundo a PF, uma organização criminosa atuava na Petrobras, especialmente na área de trading –onde são realizados os negócios de compra e venda de petróleo e derivados para a própria estatal ou para empresas estrangeiras, a indícios de irregularidades na locação de tanques de armazenagem de petróleo.

As transações viabilizavam o pagamento propina para executivos e ganhos acima dos praticados no mercado para as empresas envolvidas.

Curta República de Curitiba
error
Anúncios

Um comentário