No RS bandidos de alta periculosidade estavam cumprindo pena em prisão domiciliar

Publicado por

O município de Ibiraiaras, ao norte do Rio Grande do Sul, foi alvo no dia 3 de dezembro a um violento ataque a bancos. Na fuga quatro dos seis criminosos foram mortos e um refém foi baleado e não resistiu aos ferimentos.

O que causou muita revolta foi quando a policia divulgou a identificação dos quatro bandidos mortos. Leia abaixo a ficha resumida de cada um:

– Maicon Rafael da Silva, 29 anos, o Guela, que estava em prisão domiciliar. Ele possuía dois antecedentes por roubo a lotéricas, dois por roubo a residências e um por roubo de carro, além de porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

– Moisés da Silva, 45 anos, conhecido como Doente, também em prisão domiciliar. Ele havia fugido seis vezes após ser preso e possuía antecedentes por roubo a comércio e roubo a um cartório de registro de imóveis, além de porte de arma.

– Richard Colares Torres, o Ri, 20 anos, que estava em liberdade provisória. Possuía dois antecedentes por roubo a pedestre, dois por porte de arma e ainda uma ocorrência por lesão corporal.

– Alex Jonas de Morais Rébis, 21 anos, que estava foragido. Ele cumpria pena em regime aberto, com tornozeleira, e tinha antecedentes por associação criminosa, roubo de veículo, tráfico de drogas e roubo a estabelecimento comercial.

Curta República de Curitiba
Anúncios

3 comentários