O Ministério Público Federal quer saber de onde veio os R$ 29 milhões que o herdeiro da OAS pagou de fiança para sair da cadeia.
César Mata Pires Filho foi preso no último dia 26 de novembro na Operação Sem Fundos, fase da Lava Jato que investiga fraudes e corrupção na construção da Torre Pituba, sede da Petrobras na Bahia.
O MPF pediu informações à defesa de Mata Pires Filho porque as contas do empreiteiro haviam sido bloqueadas pela Justiça e não tinham saldo suficiente para o pagamento da fiança.

Participe da discussão

2 comentários

  1. Com certeza e Dinheiro de corrupção tem que Fazer a Faxina Geral o Judiciário esta até o pescoço nesta .

Deixe um comentário
%d blogueiros gostam disto: