Escolas do Reino Unido ensinarão a crianças que “homens também menstruam”

Publicado por

Você acha que é só no Brasil que loucos disseminam sua doença para crianças? Pois fique sabendo que a insanidade é mundial. As escolas da cidade de Brighton, no Reino Unido, irão ensinar para crianças de 8 anos ou mais que “Garotos trans, homens e pessoas não-binárias também menstruam”, “pessoas de todos os gêneros menstruam” e “menstruações devem ser celebradas”.

As instruções foram incluídas nas recomendações publicadas pelo conselho de educação local há quinze dias chamadas “Por uma Abordagem Positiva sobre as Menstruações”, as quais visam “reduzir e prevenir o estigma relacionado à menstruação”.

“Falar e aprender sobre a menstruação deve incluir todos os gêneros, culturas, credos e orientações sexuais. Por exemplo: ‘garotas, mulheres e outros que possuem menstruações’”, afirma o documento, o qual também recomenda que as escolas garantam que “lixeiras para produtos de menstruação usados devem estar em todos os banheiros a partir do Primário 2” (crianças a partir de sete anos).

O conselho também recomenda que “todas as crianças a partir do Ano 4 (oito a nove anos) devem ser educadas sobre a menstruação dentro de um programa de educação sexual e de relacionamentos”.

O documento é assinado por duas “consultoras de educação”, Sam Beal e Emma McDermott, ambas militantes de esquerda. Nas redes sociais, elas defendem a ideologia de gênero e criticam o “discurso de ódio”.

Também não é só no Brasil que conselhos servem para acomodar comunistas e disseminar as ideias psicóticas de pessoas que querem transformar o mundo num grande sanatório.

Anúncios

3 comentários

Deixe uma resposta