Carnaval em São Paulo deve ter “Festa do Sexo” e ato sexual permitido na rua

Publicado por

Um dos blocos que devem desfilar na capital paulista de 2019, o Bloco da Kevin promete chegar sem nenhum pudor.

A festa que dá nome ao cordão, permite que os frequentadores fiquem nus e propícios a prática do sexo.

Além disso, o bloco anuncia o dark roon, espaço para que a promiscuidade aconteça.

Segundo a legislação brasileira, a prática e a exposição é proibida.

Carnaval, festa ou promiscuidade em público?

Curta República de Curitiba
error
Anúncios

24 comentários

  1. Apeasr de considerar o assunto de interesse duvidoso, parabenizo a reportagem pelo fato de EXPOR a realidade brasieira – o BRASIL CONSEGUIU BANALIZAR O POLITICAMENTE CORRETO… Bolsonaro está CORRETÍSSIMO – precisamos urgentemente limpar a área da EDUCAÇÃO MEDÍOCRE que corrompeu os quatro cantos do país!

      1. Essa corja do comunismo barato, não respeitam nada é nenhuma lei! Eles se acham acima das leis. As autoridades tem que agir severamente se não quisermos as mais de Deus pesando sobre a nação!

  2. É isso o que eles tem a oferecer. O povo brasileiro mostrou que quer o resgate dos valores morais e respeito com a família. O fato é que eles não conhecem esta linguagem e oferecem aquilo que possui em abundância: promiscuidade, sexo gratuito e tudo que desvaloriza o ser humano e que rejeitamos de forma contumaz.

  3. Gostaria de ver os praticantes de sexo sendo filmados por cameras espalhadas pelos locais onde passarem e que as imagens sejam usadas como provas para prisão e condenação além de exposição das pesdoas nas redes sociais e veiculos de comunicação. ..

  4. Eu não sou fiscal da genitália de ninguém… Se não envolver menores, violência ou afrontar a sociedade, deixa rolar… quem quiser que se jogue… afinal, é carnaval…

  5. Essa barbarie deve ter como palco a Av. Paulista. Pergunto. Não existe uma Associação de Empresários da Avenida Paulista que diga não a esses atos públicos que põem em risco a integridade desta tão importante avenida?

  6. Pra mim Carnaval nunca foi uma festa de folclore e sim uma festa pra promiscuidade, sempre foi uma festa que se é permitido se “liberar” então pra mim deveria acabar com essa putaria.

    1. Novos tempos,mas tudo tem limites,nada contra a festa,vai quem quer,mas em local fechado,”carnaval ee clubes” como nos anos 60,70,80👍mas agora moderninho,lugar fechado e ngm é de ngm,livre arbítrio,mas sem exibicionismo!Vai quem quer,somos livres,mas com limites e regras,como deve ser uma sociedade democrática!🍀🇧🇷

  7. Esquerdista é tão babaca que não sabe fazer sexo na cama em casa ou com privacidade. Porco como é tem que fazer em público!!
    Na realidade só quer se mostrar!!
    Espero que a PM paulista baixe a porrada neste bloco e faça valer a Lei. Espalha todos eles nus pelos presídios das delegacias e deixa rolar, quem sabe eles se descobrem!

  8. Eu cresci conhecendo a lei do calibre 38, da escolpeta, do rifle, e etc. Meu pai me ensinou que em terreno minado, onde e impossivel a comunicacao, a unica solucao plausivel e por as emocoes de lado e agir so e unicamente com a razao! Esta e a lei da selva Humana, ele dizia. Ou voce mata ou voce morre! Voce decide! Eu decidi viver! Portanto, quero o meu direito de portar a minha arma, assim como papai portou as dele! Acorda Brasil!

  9. Se existe lei no Brasil deve ser aplicada e obedecida por todos cidadões, sexo não se faz em rua. Tudo tem seu determinado lugar e em seu devido tempo. Algumas pessoas perdeu tudo ou o pouco q se tinha, respeito próprio e pelos outros é coisa rara hoje em dia! Sou totalmente a favor q a lei seja aplicada ao pé da letra. Se querem praticar todo tipo de lascívia q faça isso em local apropriado dentro de quatro paredes, existe motel vá e por lá fique.