Esposa de Moro pede menos reclamação sobre o novo governo

Publicado por

A advogada Rosângela Moro, esposa do ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, publicou no Instagram uma mensagem em que pede união e o fim das reclamações contra o governo de Jair Bolsonaro. A mensagem que traz uma hashtag com os nomes do presidente, de Moro e também do ministro da Economia Paulo Guedes, vem após virem à tona divergências internas no novo governo.

“O dia em que todos os brasileiros se conscientizarem que somos um só povo com as mesmas preocupações veremos um grande avanço e estaremos no caminho certo. Parem de reclamar e esperem para ver a que veio este novo governo”, escreveu Rosângela. Redução de custos, corte de despesas desnecessárias, zero propina. Chega de mimimi. Apenas espere e assista”, escreveu Rosângela Moro.

De fato iniciar um novo governo, com diretrizes totalmente inovadoras e grandes nomes no comando, já não é uma missão muito simples. E em nada ajuda ficar criticando cada passo e cada ação do governo. Temos que confiar que cada ministro fará o que propôs e que muita coisa mudará sim, mas para melhor.

Não podemos nos esquecer de que tem muita gente fazendo alarde por nada por não querer nenhuma dessas mudanças propostas, inclusive facções criminosas que sustentam alguns figurões da política. Corruptos e criminosos não têm interesse algum de que o novo governo cumpra o prometido, por isso não medirão esforços para que tudo dê errado e que o Brasil continue nessa lama que o PT nos afundou.

Anúncios

2 comentários

  1. Muito bem exposta nossa realidade.
    Causam revoltas a midia reclamando de tudo e nada elogiando.
    Aplaudam esse governo que se propoe a cortas custos e benecias parA os poderosos.
    Da nojo o grupo Globo enfatizar mimimi!!!
    Da nojo.

  2. Esse povo comeu capim por décadas nas mãos da esquerda socialista progressista, de FHC, Lula, Dilma, Temer e de repente viraram paladinos intrépidos da justiça, espumando para colocar Bolsonaro e Mourão numa Pira e acender em baixo.
    Quem sabe prefeririam virar Venezuela com o poste Haddad.
    Memória curta, hein!
    Com toda franqueza do mundo, as pessoas que votaram no Bolsonaro estão se dedicando a destruir o governo Bolsonaro com uma falta de confiança a priori, semelhante a da mídia podre histérica.
    É bem difícil ter tanto trabalho e correções a fazer e todo mundo com essas línguas tão afiadas.
    Putz, agora vai ser crime uma pessoa que vem seguindo uma carreira há dezoito anos, ser promovido na sequência esperada, só porque um parente seu virou político.
    Esses justiceiros que nunca fizeram justiça com décadas de traição à Pátria, agora ficaram eficientes com um governo de apenas poucos dias.
    O EGO se tornou mais importante que o Brasil! 🤢

Deixe uma resposta