Bolsonaro está preocupado com Sergio Moro

Publicado por

O presidente Jair Bolsonaro determinou que a Polícia Federal reforce a segurança do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e de seus familiares. A decisão foi publicada hoje (8), em edição extra do Diário Oficial da União.

O despacho presidencial diz: “Diante de informações sobre situações de risco decorrentes do exercício do cargo de titular do Ministério da Justiça e Segurança Pública, determino à Polícia Federal providências no sentido de garantir, diretamente ou por meio de articulação com os órgãos de segurança pública dos entes federativos, a segurança pessoal do ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública e de seus familiares”.

Quando era juiz federal em Curitiba e comandava as ações da Operação Lava Jato, Moro passou a contar com segurança da Polícia Federal depois de sofrer ameaças pelas mídias sociais.

Anúncios

6 comentários

    1. Vamos providenciar a exoneração dos ministros do STF atual à exceção daqueles de confiança do governo.
      Caso o congresso se imita ou se negue, faça através de um referendo convocando o povo através de uma eleição sem obrigatoriedade, aproveitando a oportunidade para acabar com as mordomias existentes.
      Conte conosco.Somos mais de 70% de eleitores

  1. Não é fácil tentar colocar esse Brasil no lugar certo, proteção a todos vocês que lutam para retirar o comunismo instalado no Brasil, cuide bem de vocês, estamos no meio de uma guerra.

  2. Temos que fazer o congresso nacional lembrar que exite essa lei…
    E EXIGIR QUE SE CUMPRA !!!
    Decreto-Lei nº 48/95 de 15-03-1995

    CÓDIGO PENAL

    LIVRO II – Parte especial

    TÍTULO V – Dos crimes contra o Estado

    CAPÍTULO I – Dos crimes contra a segurança do Estado

    SECÇÃO I – Dos crimes contra a soberania nacional

    SUBSECÇÃO I – Dos crimes contra a independência e a integridade nacionais

    ———-

    Artigo 308.º – Traição à pátria

    Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:
    a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele; ou
    b) Ofender ou puser em perigo a independência do País;

    é punido com pena de prisão de 10 a 20 anos.

  3. Vamos providenciar a exoneração dos ministros do STF atual à exceção daqueles de confiança do governo.
    Caso o congresso se imita ou se negue, faça através de um referendo convocando o povo através de uma eleição sem obrigatoriedade, aproveitando a oportunidade para acabar com as mordomias existentes.
    Conte conosco.Somos mais de 70% de eleitores