A vergonha diária que a imprensa vem passando

Publicado por

A imprensa, acostumada a ditar a agenda dos presidentes nas últimas décadas, está completamente perdida com o novo governo. Tentam a todo custo derrubar ministros batendo em frases fora do contexto ditas por eles , usam de promessas de campanha para já cobrar resultado, entre outras artimanhas que antes davam muito certo.

A bola da vez agora é Carlos Victor Guerra, nomeado para Gerência de Inteligência e Segurança Corporativa da Petrobrás. A imprensa resolveu atacar o presidente pelo fato de Guerra ser amigo dele. Parece piada, mas não é.

Tentaram questionar o mérito da indicação, justo a mídia esquerdista que é totalmente contra a meritocracia, discursando sempre a favor de quem se dedica menos alegando falta de oportunidade. Mas o questionamento afundou quando souberam que Guerra é formado em administração, concursado, funcionário de carreira da Petrobrás e altamente capacitado para tal função.

É uma vergonha atrás da outra que a imprensa esquerdista passa. Não conseguiram entender que incompetentes não serão mais admitidos na base do governo, como o PT fazia com maestria. Colocava companheiros despreparados e sem experiência alguma para cargos de alta responsabilidade, apenas para que ganhassem o salário bem interessante no fim do mês. O resultado de uma vasta equipe de ignorantes que por 14 anos esteve no comando nós sentimos na pele há alguns anos: níveis assustadores de desempregados, inflação comendo todo o salário, empresas falindo, serviços públicos um funcionamento inoperante, país afundado numa areia movediça.

Vamos deixar o presidente Bolsonaro e sua equipe trabalhar! Temos que voltar os olhos e ouvidos agora para o senado que quer eleger Renan Calheiros na presidência da casa. Aí sim a vida do novo governo vai complicar de verdade.

Curta República de Curitiba
Anúncios

5 comentários

    1. E isso mesmo.O Bolaonaro não fa um mês e eles criticam. O tempo do petismo passou so falta enterrar ja morreu
      O que temos que focar e fechar o STF bando de ladroes

  1. O método petista de contratação era assim: colocar na diretoria um cumpanhero idiota de carteirinha com um salário que podia variar de 50 a 100 mil. E este idiota que nada sabia de sua função contratava um ex funcionário graduado aposentado da área, pagava um bom salário de assessor e ficava gozando a vida e assinando os papéis enquanto o outro trabalhava para ele!!
    Bolsonaro acabou com este crime e este desperdício de dinheiro público.
    agora, MÍDIA BRASILEIRA diz pra nós que vc nunca soube disto…
    canalhas, fdp’s!!!
    Deixem o presidente e seus ministros governarem e quando vier o tradicional “100 Dias de governo” aí vcs tentem criticar!

  2. É exatamente assim que funciona o Comunismo, eles não se preocupam se a pessoa tem formação adequada, capacidade para um determinado cargo público, o que para eles conta é que se ele é um bom comunista. É exatamente por isso que o Comunismo é um fracasso universal. Não pode dar certo um governo composto de leigos. Assim os países dirigidos pelo sistema ao invés de progredirem andaram para trás até a falência completa tanto de regime como dos governos por eles dirigidos!