Petrobras é a maior cliente do BNDES segundo lista divulgada pelo banco

Publicado por

A caixa preta do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) começou a ser aberta. O BNDES divulgou nesta sexta-feira (18) a lista dos seus 50 maiores clientes e todas as operações com eles realizadas nos últimos 15 anos.

De acordo com o banco, os dados já estavam no site, mas as informações estavam fragmentadas em diversas páginas, separadas por linhas de financiamento, disponíveis de uma “maneira difícil para a maioria das pessoas”. Agora os dados estão concentrados em um único link. Clique aqui para entrar na página onde estão disponibilizados os nomes dos clientes.

Segundo o BNDES, o objetivo da mudança é “tornar a navegação mais amigável e acessível”, conferir mais transparência e facilitar ao público entendimento sobre as operações e investimentos do banco.

Criado durante o governo de Getúlio Vargas, em 1952, o banco estatal tem como objetivo financiar o desenvolvimento da economia, e historicamente tem oferecido empréstimos de longo prazo e taxas de juros mais favoráveis tanto para empresas como para governos estaduais e municipais. O BNDES gere recursos públicos e tem o Tesouro Nacional como seu acionista.

Desde 2004, figuram entre os cinco maiores clientes do banco: Petrobras, Embraer, Norte Energia, Vale e a construtora Odebrecht, envolvida em escândalos de corrupção na Operação Lava Jato.

De acordo com os dados divulgados pelo BNDES, a construtora fechou empréstimos no valor de R$ 18 bilhões nos últimos 15 anos. O maior tomador de recursos é a Petrobras: R$ 62,429 bilhões. Veja lista abaixo:

WhatsApp Image 2019-01-18 at 14.13.58

Curta República de Curitiba
Anúncios

Um comentário

  1. E criticam o PT, coitados, eles trabalharam muito, criaram muitos empregos em Angola, Republica Dominicana, Venezuela, Argentina,…..,…… etc. Não foi de um país da Africa que baixou em São Paulo um avião com um ditadorzinho e um monte dinheiro? Ele disse que veio fazer um tratamento mas, depois que prenderam o dinheiro, ele foi embora, estranho né!