A Justiça brasileira já determinou o terceiro bloqueio de valores da mineradora Vale, desde o rompimento das barragens da Mina Córrego do Feijão, no município de Brumadinho (MG), na tarde de sexta-feira (25). No total, até o momento, a empresa responsável pelo empreendimento terá que dispor de pelo menos R$ 11 bilhões para ressarcir danos e perdas de forma geral.
Já o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) multou a Vale em R$ 250 milhões.
Obviamente que esses valores, espera-se, servirão para indenizar as vítimas do “acidente”. Mas e as prisões dos responsáveis, quando irão ocorrer?

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: