Enquanto o Brasil sofre pela tragédia de Brumadinho, estado mineiro governado pelo PT até 28 dias atrás, o petista Fernando Haddad passeia pela Europa costurando novas alianças com socialistas da sua laia.

Em seu tour socialista pela Europa, acompanhado por Tarso Genro, pousou inicialmente na Espanha, onde reuniu-se com  os ex-primeiros-ministros  Felipe Gonzales e Jorge Luis Zapatero, do Partido Socialista,  atualmente no governo,  e com dirigentes do Podemos.

Após a Espanha, Fernando Haddad e Tarso Genro estiveram em Portugal, governado por partido socialista com a Espanha. E foi recebido como chefe de estado.

E fica a pergunta: chefe de estado de quem? Porque do Brasil ele não é mais nada, apenas um perdedor desconsolado. Mas com a esquerda psicótica não desiste, ele foi em busca de apoios dos camaradas dele para atrapalhar o Brasil no que for preciso. Incluindo divulgar fakenews e discursar baboseiras como ele fez em Portugal, onde disse que está lutando para que a “extrema-direita” não cresça pelo mundo afora. A esquerda pode fazer barbáries por onde passa que não é chamada de extrema, mas a direita é o monstro que eles querem extinguir. Quanta babaquice.

Faz um favor pra gente Haddad? Passe em Cuba e fique por lá. E pare de “pagar” de chefe de estado, porque nem para chefe do PT falido você foi eleito.

Sem título

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: