Vale soube de problemas em sensores de Brumadinho dois dias antes do rompimento de barragem, um absurdo que não pode ficar impune.

Uma troca de e-mails que foi identificado pela Polícia Federal entre profissionais da Vale e duas empresas ligadas à segurança da barragem de Brumadinho mostra que, dois dias antes do rompimento, a Vale já havia identificado problemas nos dados de sensores responsáveis por monitorar a estrutura.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: