Cresce pressão pela renúncia do presidente da OAB Felipe Santa Cruz

Publicado por

Nem bem assumiu a presidência da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no último dia 31 de janeiro e o advogado Felipe Santa Cruz já vive seu calvário.

Eleito indiretamente por um Conselho composto por 81 membros (Cruz recebeu 80 dos 81 votos), o advogado afirmou em recente entrevista ao jornal Folha de São Paulo que a Lava Jato deve acabar e criticou a nomeação do ministro Sergio Moro para a Justiça.

Nas redes sociais, advogados do Brasil se manifestaram contra as declarações, postando banners em apoio à Operação Lava Jato. Muitos pedem a renúncia imediata do presidente da entidade.

No Facebook, foi criada até uma página intitulada “Advogados com vergonha da Presidência da OAB Nacional“.

“O advogado é essencial à Justiça. Está na Constituição Federal! A OAB não pode ser instrumentalizada” escreveu a advogada e atual deputada estadual Janaína Paschoal em uma rede social.

Outros criticam a forma de eleição. O país tem mais de 1 milhão de advogados, mas apenas 81, isso mesmo, 81 decidem quem comandará a entidade. As eleições, na entidade que mais prega a democracia, é indireta.

WhatsApp Image 2019-02-08 at 13.08.09

Curta República de Curitiba
error
Anúncios