O ex-ministro Antonio Palocci disse em delação premiada que o ex-presidente Lula tinha a informação de que que seria deflagrada a 24ª fase da operação Lava Jato, na qual foi conduzido coercitivamente, em 4 de março de 2016, o que apura o vazamento dessa fase da operação.

Segundo Palocci, Paulo Okamoto e Clara Ant do instituto Lula, ficaram sabendo da operação, porém não sabiam se seria cumprida prisão ou condução coercitiva de Lula

De acordo com Palocci, Okamoto informou que ao saber da operação teria “feito uma limpa” na casa em Atibaia (SP), assim como Clara fez em sua residência. Palocci disse ainda que ambos lamentaram o fato de que Lula não tenha feito o mesmo e que por isso foram encontrados documentos comprometedores na casa do ex-presidente e no sítio em Atibaia.

Ainda segundo Palocci, documentos importantes não foram aprendidos na sede do Instituto Lula e na casa de assessores do ex-presidente do local.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: