Após mais de sete horas de um resgate dramático, por volta das 14h30 bombeiros retiraram o maquinista de um dos dois trens que bateram às 6h55 desta quarta-feira (27), em São Cristóvão, Zona Norte do Rio.

Após tentativas de reanimação com massagem cardíaca e uso de desfibrilador, o maquinista não resistiu.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: