De acordo com Heraldo Pereira, da Globo, o presidente Jair Messias Bolsonaro disse nesta quinta-feira, 28, que toparia conversar com o ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, caso ele se comprometesse com um processo de redemocratização.

Nesse cenário, Bolsonaro cobraria a convocação de eleições livres, com ampla participação, sob observação da comunidade internacional.

Juan Guaidó, autoproclamado presidente interino da Venezuela e reconhecido internacionalmente, chegou ao Brasil hoje para uma série de reuniões. Pela manhã, conversou com diplomatas da União Europeia.

No início desta tarde, se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto. Um grupo de esquerdistas, apoiadores da ditadura bolivariana, protestou na Praça dos Três Poderes contra a presença de Guaidó no Planalto.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: