O governador de Alagoas, Renan Filho, nomeou vários parentes de membros do Judiciário, Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado para ocupar cargos em sua gestão.

O filho de Renan Calheiros não poupou a distribuição de cargos para parentes, ganharam cargos filhos, sobrinhos, irmão e genro de integrantes de órgãos que tem como função investigar, julgar e fiscalizar as contas do governo do estado. Cinco deles ocuparam cargos no primeiro escalão do governo.

Segue a lista:

Rafael Brito

Secretário de Desenvolvimento Econômico

Genro de Otávio Lessa, presidente do TCE-AL

Felipe Cordeiro

Chefe do Gabinete Civil

Filho de Paulo Cordeiro, desembargador do TRF

Coronel Lima Júnior

Secretário de Segurança Pública

Irmão de Domingos Neto, desembargador do TJ-AL

Melina Freitas

Secretária de Cultura

Filha de Washington Luiz, desembargador do TJ-AL

Arthur Albuquerque

Secretário do Trabalho

Filho de Rosa Albuquerque, conselheira do TCE-AL

Carlos Mendonça Neto

Superintendente da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas

Filho de Alfredo Gaspar, Procurador-geral do Estado

Luiz Pedro Bezerra Brandão

Superintendente do Instituto de Metrologia e Qualidade de Alagoas

Sobrinho de Cleide Bezerra, conselheira do TCE-AL

Adrualdo Catão

Presidente do Detran Alagoas

Filho de Antônio Adrualdo Catão, desembargador do TRT

Bruno Praxedes

Assessor especial do gabinete do governador

Sobrinho de Otávio Praxedes, desembargador do TJ-AL

Mariana Lessa

Assessora especial de comunicação

Filha de Otávio Lessa, presidente do TCE-AL

Essas nomeações não são contra a lei, mas será que estes órgãos manterão a imparcialidade?

 

 

 

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: