Após o Presidente Jair Bolsonaro criticar uma manifestação de ativistas de esquerda, e postar um vídeo feito por esquerdistas em suas mídias sociais, a esquerda própria autora do vídeo, renegando a autoria do material denunciado, inicia uma enxurrada de acusações contra o autor da denúncia do vídeo, o presidente.

Os Militantes de extrema-esquerda estão em guerra contra o presidente Bolsonaro desde sempre, não importando suas ações enquanto presidente. Este grupo, extremista de esquerda, é contra e quer a queda do presidente, mesmo que não haja motivo que justifique este desejo insano e ideológico. 

Nesta quarta-feira (6), militantes esquerdistas subiram a hashtag #impeachmentBolsonaro em forma de pressão contra o presidente democraticamente eleito pela maioria do povo brasileiro. 

O que a extrema-esquerda não esperava seria o resultado da força dos eleitores de Bolsonaro, cidadãos comuns do Brasil. 

Os cidadãos brasileiros cansados dos escândalos, roubos e manifestações, tendo o sexo explícito como ferramenta ideológica, promovidos pela esquerda e extrema esquerda, subiram a hashtag #BolsonaroTemRazão. 

Como resultado, a esquerda leva uma desvantagem gigantesca: já são 272 mil tweets #BolsonaroTemRazão contra 186 mil tweets #impeachmentBolsonaro 

A esquerda tem perdido a hegemonia no debate e a força de mobilização. A direita está se fortalecendo a cada dia, pelo caminho da verdade.

Embedded video

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: