A Força-Tarefa Previdenciária deflagrou, na manhã desta terça-feira (2), a Operação Recidiva nas cidades paranaenses de Londrina e Cambé. Uma organização criminosa fraudava benefícios por incapacidade – como auxílio-doença e aposentadoria por invalidez –, utilizando atestados médicos falsos. Ao todo, foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão em dois escritórios de advocacia, uma clínica médica e residências dos envolvidos no esquema criminoso. Os mandados foram expedidos pela 5ª Vara Federal de Londrina.

A quadrilha causou um prejuízo de mais de R$ 1,1 milhão em benefícios concedidos com a utilização de atestados médicos falsos.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: