A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná, concedeu nesta quinta-feira (04 abr.) nova liberdade a Beto Richa.

É a 3ª vez que Beto Richa é preso e solto dias depois. Em 11 de setembro de 2018, o tucano foi alvo de duas operações e liberado após 4 dias por decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes. Em 25 de janeiro deste ano, foi a vez de a Lava Jato determinar o encarceramento de Richa em investigação sobre a concessão de rodovias no Paraná. A soltura ocorreu em 1º de fevereiro.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: