Repasse de R$ 64 milhões ao PT

Publicado por

O Ministério Público Federal (MPF) reforça denúncia contra Lula, Palocci e Paulo Bernardo, a Procuradoria-Geral da República (PGR) afirma que a construtora Odebrecht colocou, em 2010, o total de R$ 64 milhões à disposição de Lula e do PT.

As acusações foram enviadas ao Supremo Tribunal Federal (STF) por também incluírem a deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR), que na época ocupava o cargo de senadora.

Curta República de Curitiba
error
Anúncios