AGU volta a defender o inquérito ilegal de Toffoli e Alexandre de Moraes mesmo após Bolsonaro ter se posicionado ao lado da Constituição, da Procuradora Raquel Dodge e de outros ministros do STF que já se manifestaram contra o ato de abuso de autoridade para fins de ocultação da verdade com o intuito de obstrução da justiça, cometido pelo Presidente do STF e seu ministro aliado.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: