STF não serve nem para publicar um mísero acórdão

Publicado por

O prazo determinado de dois meses, que já não é pequeno, estourou faz mais de oito meses!

Ricardo Lewandowski, fala muito, solta presos condenados em segunda instância, mas não cobra a publicação do acórdão do julgamento que suspendeu a lei do voto impresso, que ocorreu há mais de dez meses, em 06/06/2018. Gilmar Mendes não está nem aí, Toffoli muito menos. Rosa Weber, presidente do TSE, não toma conhecimento.

Já não haviam respeitado o prazo Constitucional de um ano para qualquer alteração na Lei Eleitoral ao suspenderem o artigo da lei que determinou a obrigatoriedade da impressão do voto.

A decisão do STF se deu apenas quatro meses antes das eleições. E até hoje sequer publicaram o acórdão, em desrespeito às próprias normas do STF.

Esse é o nosso STF. Não serve nem para publicar um mísero acórdão.

Curta República de Curitiba
error
Anúncios