CCJ aprovou o relatório da Reforma de Previdência, 48 votaram a favor da nova versão apresentada pelo relator Marcelo Freitas (PSL-MG), 18 contra.

Abaixo a lista dos deputados que não foram a favor, e foram contra o Brasil.

Afonso Motta (PDT-RS) 

Alencar S. Braga (PT-SP)              

Clarissa Garotinho (PROS-RJ)     

Danilo Cabral (PSB-PE)  

Eduardo Bismarck (PDT-CE)        

Gil Cutrim (PDT-MA)      

Joenia Wapichana (REDE-RR)     

José Guimarães (PT-CE)

João H. Campos (PSB-PE)            

Júlio Delgado (PSB-MG)

Luiz Flávio Gomes (PSB-SP)         

Maria do Rosário (PT-RS)            

Nelson Pellegrino (PT-BA)           

Patrus Ananias (PT-MG)              

Paulo Teixeira (PT-SP)   

Renildo Calheiros (PCdoB-PE)    

Subtenente Gonzaga (PDT-MG)

Talíria Petrone (PSOL-RJ)

E veja também os pontos que foram retirados:

  • o que acaba com a obrigatoriedade de a empresa recolher FGTS para aposentados e pagar multa de 40% em caso de demissão desses funcionários;
  • o que possibilita que a alteração de idade de aposentadoria compulsória de ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) seja feita por meio de lei complementar;
  • o que tira da Justiça Federal de Brasília a competência de julgar processos relativos à Previdência (hoje, as pessoas podem entrar com ações contra a União no seu Estado, onde ocorreu o fato ou no Distrito Federal);
  • o que deixa nas mãos exclusivamente do Executivo a prerrogativa de propor alterações previdenciárias.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: