De acordo com O Antagonista:

“Dodge voltou a dizer que a Constituição “aboliu o sistema inquisitorial segundo o qual o Judiciário acumulava a função de julgar e acusar”.

E acrescentou que “o juiz não mais interfere na produção de prova nem tem a função própria nas fases investigatória e acusatória”.

Sim, até aí tudo bem. Mas o MP irá recorrer ao plenário do STF da decisão de Toffoli e Moraes, de levar o inquérito adiante? Este caminho foi apontado como o correto, conforme se posicionou o Ministro Março Aurélio.

A PGR não vai entrar com uma denúncia contra estes delinquentes, pelos crimes de abuso de autoridade e usurpação de poder público?

Dra. Raquel Dodge está de que lado afinal? Se não toma as providências que deveria tomar também está incorrendo em crime, de prevaricação.

Negligência e conivência são condutas que costumam caminhar juntas.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: