O juiz Bruno Saviano da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora, decidiu que Adélio Bispo, que esfaqueou o presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral de 2018, é inimputável, ou seja, que Adélio tem insanidade mental e determina que ele não pode ser responsabilizado judicialmente por crimes.

Adélio será mantido em um presídio federal até o julgamento da ação penal que envolve o atentado. 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: