Veja essa: “as manifestações populares do último domingo podem criar dificuldades às reformas, porque não é correto, não é inteligente melindrar o Congresso.”

Como assim?!?

Então quer dizer que o Povo não pode mais exercer seu legítimo direito de reivindicar providências que impeçam um irreversível colapso da economia!?

Quem não se lembra do episódio entre o Presidente Itamar Franco e Antônio Carlos Magalhães? Este último brandia calhamaços afirmando comporem um explosivo dossiê comprobatório de corrupção no governo daquele honrado mineiro.

O que fez Itamar?

Recebeu Antônio Carlos em seu gabinete com toda a pompa e circunstância e, no exato instante em que o baiano se pôs a desembrulhar o tal dossiê, as portas da sala presidencial foram abertas para que toda a imprensa fotografasse nada mais do que um punhado de colagens de pedaços de jornal, isto é, prova nenhuma dos alegados casos de corrupção!

O exemplo de Itamar merece, precisa ser seguido!

Eis um desafio aos ilustres parlamentares do Centrão: compareçam ao Palácio do Planalto, deputados e senadores, um a um, para articular e negociar.

Que cada deputado e cada senador digam exatamente o que lhes falta para aprovar as reformas, em especial a da Previdência, em audiência pública, em alto e bom som, de peito aberto, às claras, diante das câmeras e dos microfones, individualmente. Diante do Presidente da República e diante de nós!

Precisamos repelir as palavras ocas, denunciar os discursos vazios e dissipar as cortinas de fumaça que apenas servem para ocultar os interesses inconfessáveis que movem os bastidores de Brasília.

Os políticos têm de compreender, de uma vez por todas, que não são donos de seus mandatos e o único titular do poder é o Povo, e é esse mesmo Povo que decreta que não há mais tempo a perder:

Reforma da Previdência já!

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: