Porque lamentavelmente a grande maioria (salvo as raras exceções) dos políticos se elegem jogando sujo, tratorando quem passa pela sua frente, fazendo da política seu trampolim para suas realizações pessoais a qualquer custo, porém tudo isso pago com dinheiro público. Falo isso e reafirmo quantas vezes for necessário, pois fui candidata e sei do que estou falando, não são palavras jogadas ao “vento”, mas sim uma árdua experiência vivida, visto que eu Sabrina Avozani em momento algum entrei nesse jogo de Poder, pois minha trajetória de vida, minha consciência jamais permitiria agir de forma inescrupulosa, como muitos desses que chegaram ao poder.

O que escrevo aqui não é dor de cotovelo como alguns talvez irão falar porque não me elegi, visto que, me orgulho e muito da campanha que fiz, dos votos que recebi de cada um que acreditou em mim, pois a minha, não foi uma campanha de chapa fechada, de cabo a rabo como muitos votaram.

Cada voto que recebi para mim tem um valor imensurável e de gratidão.
Sim, as eleições acabaram, sei disso, e por que escrevo esse texto?
…justamente porque as eleições passaram e o que temos hoje?
…um Congresso que é uma VERGONHA, um lixo, um bando de amadores e oportunistas fazendo o mesmo que o anterior fazia, aparelhando o sistema, nos colocando perpetuamente reféns da política suja, do toma lá dá cá. Ah, reitero, salvo as RARÍSSIMAS exceções.

Sim, estamos à espera de um País melhor, lutamos bravamente por uma nação justa para nossos filhos e os próximos brasileirinhos que um dia habitarão nossa nação, elegemos um corajoso Presidente, porém com tanta luta, assim como ele, estamos juntos sendo enganados por canalhas, que usam de seus cargos, debochando de quase 209 milhões de brasileiros, e esse mesmo povo tendo que se humilhar para esses que ainda se sentem as “Excelências” do nosso País.

A vida do brasileiro continua difícil, mas com expectativas, como costumeiramente vivemos , de EXPECTATIVAS, o que acentua-se nas próximas eleições, as municipais, e essas meus amigos, se preparem, a sujeira, a canalhice continuará grande. Quem pode e até onde podem mais.

Preparem-se:
esse “jogo de xadrez” só está começando, mas esse com jogadores hábeis no que lhes convém, mas não esqueçam que o povo não é somente um torcedor, mas é sim o maior patrocinador desse “espetáculo” de quem será o vencedor!
…e que DEUS tenha piedade da nossa NAÇÃO!

Sabrina Avozani.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: