Juiz que substituiu Moro na Lava Jato bloqueia fortuna de Lula

Publicado por

O novo juiz federal da 13ª Vara Federal de Curitiba, Luiz Antonio Bonat, ordenou o bloqueio de R$ 77,9 milhões em bens do criminoso Lula. A decisão foi tomada no último dia 18 e atendeu um pedido do Ministério Público Federal (MPF).

O valor estimado pelo juiz é baseado no montante atribuído às propinas pagas por empreiteiras em oito contratos da Petrobras.

Os procuradores da Lava-Jato acusam a Odebrecht de pagar pelo apartamento vizinho ao de Lula em São Bernardo usando como “laranja” o empresário Glaucos da Costamarques, primo de José Carlos Bumlai, em nome de quem o imóvel está registrado. O apartamento era alugado pela Presidência da República até 2010 para abrigar os seguranças do petista e passou a ser ocupado por Lula.

A ação penal também investiga a intenção da Odebrecht de comprar um imóvel avaliado em cerca de R$ 12 milhões para o Instituto Lula. O dinheiro seria pago em troca de benefícios na Petrobras.

Bonat é o responsável pelos processos da Lava Jato de Curitiba desde 6 de março, quando substituiu Sergio Moro, atual ministro da Justiça e Segurança Pública.

Curta República de Curitiba
error
Anúncios