SAIBA QUEM TENTA IMPEDIR QUE O GLENN GREENWALD SEJA INVESTIGADO

Publicado por

O Ministro Sérgio Moro, foi questionado na Câmera dos Deputados pelos opositores do governo Bolsonaro, o ministro foi questionado sistematicamente por deputados opositores ao governo sobre um possível pedido feito pela Polícia Federal ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) para investigar as movimentações financeiras de Glenn Greenwald.

No sábado, dia 06, a pedido do Subprocurador Lucas Rocha Furtado (guarde este nome) o ministro do TCU, Bruno Dantas deu prazo de 24 horas para que o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do COAF, Roberto Leonel de Oliveira, esclarecessem se o jornalista estava sendo investigado ou não.

A partir daí as coisas começaram a ficar…digamos assim, um pouco “estranhas”.

Este mesmo Subprocurador, em sede de cautelar, pediu ao TCU uma inspeção in loco para saber se o COAF e o Ministro Paulo Guedes disseram realmente verdade.

Ora, por que tanto empenho em saber se há investigação ou não sobre Greenwald?

Em suma, Lucas Furtado foi aquele procurador que gastou R$ 16 mil em diárias para passar 25 dias em Portugal, foi ele também que pediu a abertura de apuração sobre o veto do presidente Jair Bolsonaro à polêmica campanha publicitária do Banco do Brasil, e o mesmo que representou ao TCU para que se apurasse “o possível direcionamento de verbas publicitárias” pelo atual governo, quando então a Globo passou a receber menos que Record e SBT.

Júnior Santos da República de Curitiba.

Curta República de Curitiba
error
Anúncios