As negociações em torno da sucessão (ou não) de Raquel Dodge na PGR (Procuradoria Geral da República), continuam frenéticas.

Um dos candidatos iniciais, preferido na lista tríplice, dá sinais de ter feito um acordo com Augusto Aras, que entrou na lista.

Como tem o apoio da ala militar, ele fortaleceria a posição de Aras.

Entretanto, o “polêmico” Ailton Benedito de Souza, que poderá suceder Dodge na PGR, já tem tirado o sono da esquerda e seus aliados. Ele é abertamente conservador e contra a ideologia de gênero. O que fortalece o seu trabalho é o zelo que ele mantém prezando pelas leis e liberdade. É importante ressaltar que a nomenclatura “polêmico” é o fruto gerada no ventre da mídia esquerdista que trata assim os que pensam diferente da linha de ideologias que tentam nos empurrar goela abaixo.

Até lá, estamos de olho e na torcida que nomes “polêmicos” possam chegar e tirar de vez da estrada o carro velho do socialismo, pois o sono dos esquerdopatas não é mais o mesmo desde a indicação de Ailton, imagine se ele chegar. A esquerda não dorme mais!

Vamos aguardar, independente do nome, o país precisa de homens e mulheres comprometidos com a verdade para o bem da nossa nação abençoada chamada: Brasil!

Júnior Santos da República de Curitiba.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: