Nesta segunda-feira, Bolsonaro disse que “um dia” contará a Felipe Santa Cruz, presidente da OAB, como o pai do advogado desapareceu na ditadura militar. “Um dia se o presidente da OAB quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, eu conto para ele. Ele não vai querer ouvir a verdade. Eu conto para ele.” 

O comentário foi uma crítica a postura da OAB no caso de Adélio Bispo, que foi considerado inimputável, por isso ficará em um hospital psiquiátrico ao invés de um presídio. 

O presidente criticou a postura da entidade e perguntou qual seria a intenção da OAB. “Por que a OAB impediu que a Polícia Federal entrasse no telefone de um dos caríssimos advogados [do Adélio]? Qual a intenção da OAB? Quem é essa OAB?”, questionou o presidente.

Nós também queremos saber……

Heberton Tavares da República de Curitiba.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: