O Ministro da Justiça, Sergio Moro, negou refúgio a pelos menos 14 estrangeiros nos últimos dias.

Moro fez um pronunciamento a imprensa por seis minutos, onde usou o tempo de fala para defender a portaria 666, que estabelece um rito sumário de deportação de estrangeiros considerados perigosos, ou que tenham praticado ato “contrário aos princípios e objetivos dispostos na Constituição Federal.

Com certeza estamos vendo o Brasil entrar nos eixos.

Heberton Tavares da República de Curitiba.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: