Aliados do presidente Bolsonaro tentam convencê-lo da ideia de indicar Augusto Aras como procurador-geral da República. O nome do subprocurador geral é considerado hoje o favorito para o cargo. A intenção do presidente é anunciar o sucessor de Raquel Dodge até a segunda-feira.

Aras é tratado como favorito após ter se reunido ao menos quatro vezes com o presidente nos últimos meses.

Os argumentos, segundo esses apoiadores do presidente, são um suposto “esquerdismo” de Aras, críticas à Lava Jato, além da defesa de movimentos sociais como o MST – o que iria contra o posicionamento de Bolsonaro. É melhor o presidente prevenir do que remediar!

Nas redes sociais; a população brasileira, a maioria dos movimentos de direita externam o mesmo desejo alinhado com o abaixo-assinado organizado pelo Movimento República de Curitiba pede que o procurador chefe de Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol seja indicado para a PGR (Procuradoria-Geral da República).

Esse é o desejo da população brasileira que diversas vezes saíram às ruas pedindo o fim da impunidade no Brasil, e nada existe oportunidade melhor do que o presidente Jair Bolsonaro, atender ao clamor das ruas indicando o Dallagnol a PGR, seria sem dúvida alguma a maior prova de gratidão por quem o elegeu, o povo brasileiro.

Júnior Santos – República de Curitiba.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: