Relação PT-PCC pode e deve ser investigada

Publicado por

Os elogios ao PT, através de um grampo telefônico, feitos por um líder de uma organização criminosa que aterroriza cidades no estado de São Paulo e Ceará e ainda orquestra sangrentas rebeliões em presídios, provocaram grande repúdio no Congresso.

O Deputado Federal Marcel Van Hattem (Novo-RS), defende a criação de uma CPI para investigar o que ele classifica de “relação espúria entre muitos caciques da política e da criminalidade”.

Gravações da Polícia Federal comprovam de forma explícita Alexsandro Roberto Pereira, da organização criminosa do PCC (Primeiro Comando da Capital), xingando Sérgio Moro e elogiando o “diálogo” entre PT e PCC.

Agora “fica mais óbvio” alcançar o discernimento que a “turma dos direitos humanos” de fato obstruem projetos contra a impunidade, por mais segurança e justiça”, disse Van Hattem.

“Sinceramente, o caminho é árduo, é longo pela frente para arrancarmos os bandidos das ruas e vencermos seus defensores na política, que por sinal são bandidos também”, concluiu o deputado.

“Só Deus segura esse país em meio a essa crise imoral. Todavia, o Van Hattem está corretíssimo, é hora do brasileiro de bem interferir através do seu direito enquanto cidadão, na hora de votar não negociar seu voto, mas eleger homens e mulheres que primam pela ordem pública em prol de um Brasil sem corrupção”, concluiu o Reverendo, cantor e compositor *Armando Filho*, de Recife-PE.

Júnior Santos – República de Curitiba.

Curta República de Curitiba
error
Anúncios